Oferta!

Manual Jurídico da Escravidão: Império do Brasil

R$65,90 R$59,31

Sinopse:

O Manual Jurídico da Escravidão apresenta de forma simples e sistematizada, mas não superficial, a estrutura do instituto jurídico da escravidão dos negros no Brasil durante o século XIX e responde inúmeras questões, dentre elas: Quando se iniciou a escravidão no Brasil? O escravo era uma coisa ou uma pessoa? Ele poderia ser processado criminalmente? Seria possível o cativo adquirir patrimônio ou ter uma família? Poderia o proprietário aplicar uma penalidade de morte? O escravo era cidadão do Império? A sociedade brasileira tinha medo dos escravos? Os escravos aceitavam passivamente o seu cativeiro? Existia um Código Negro no país? Como poderia obter judicialmente a sua liberdade? O que foi a lei para inglês ver? Como o tráfico de escravos se encerrou? Quem eram os feitores e os capitães do mato? A Lei Áurea realmente extinguiu a escravidão? O Manual revela as dimensões de um inferno construído sob a forma de sistema produtivo, que destruiu sociedades e exterminou milhões de indivíduos, em umBrasil totalmente diferente do nosso, onde esse fruto da maldade humana era elemento constituinte da paisagem. A obra é, acima de tudo, um inédito olhar sobre o sombrio universo da escravidão.

Sumário:

Capítulo 1. A Escravidão como herança.

Capítulo 2. A Constituição de 1824 e a Escravidão: uma Constituição nascida de um trauma.

Capítulo 3. Tráfico e escravidão: dois aspectos de uma sombria realidade.

Capítulo 4. Estatuto Civil do Escravo.

Capítulo 5. O Escravo e o Direito penal material e processual.

Capítulo 6. A Administração da Opressão: o controle de escravos no Império do Brasil.

Capítulo 7. O caminho para a Abolição.

Em estoque

Categoria:

Características
ISBN: 9788546212071
Autor: André Barreto Campello
Editora: Paco Editorial
Edição: 1ª Edição
Área: História / Direito
Idioma: Português
Ano de Publicação: 2018
Número de Páginas: 280
Acabamento: Brochura
Formato: 16x23cm

Informação adicional

Veja também