Chiang Ching: As ambições revolucionárias de uma líder comunista

Autor

R$15,00

Durante quinze anos Chiang Ching esteve prisioneira dos revisionistas que tomaram o poder em 1976, restauraram o capitalismo na China, e foi em suas indignas mãos manchadas de sangue que sua vida chegou ao fim, em circunstâncias suspeitas, em 14 de maio de 1991, aos 75 anos de idade.

Categoria: Tag:

Durante quinze anos Chiang Ching esteve prisioneira dos revisionistas que tomaram o poder em 1976, restauraram o capitalismo na China, e foi em suas indignas mãos manchadas de sangue que sua vida chegou ao fim, em circunstâncias suspeitas, em 14 de maio de 1991, aos 75 anos de idade.
Com a morte da camarada Chiang Ching, o proletariado internacional perdeu um de seus mais apreciados dirigentes.
Para os que se atrevem a sonhar com a revolução e mais ainda, para os que se atrevem a fazê-la, Chiang Ching ergue-se como um poderoso exemplo de ataque intrépido ao velho e caduco, de audaz traço do caminho para a irrupção do novo, através de todas as voltas e às vezes sangrentas reviravoltas da luta por dar à luz uma nova ordem social.

Informação adicional

Autor

Editora

Seara Vermelha

Páginas

72